Imprensa

Terça-feira, 04 de Setembro de 2018 - Atualizado em 04/09/2018 10:02
Oficina Graffiti

Inscrições abertas para oficina "Arte e cidadania: sentidos e significados a partir da vivência com o graffiti " realizado pela Oficina Cultural, POIESIS e Prefeitura Municipal

A Prefeitura de Capela do Alto, em parceria com a Secretaria da Cultura, contam com o apoio do projeto Oficina Comunitária e Poiesis, abrem inscrições para oficina de Graffiti "ARTE E CIDADANIA: SENTIDOS E SIGNIFICADOS A PARTIR DA VIVÊNCIA COM O GRAFFITI "

A oficina tem como objetivo aproximar todos os participantes da arte urbana, proporcionando vivências para além do ambiente formal e lúdicas de conhecimento da história e técnica do graffiti. Pretende explorar a criatividade a partir de temáticas da identidade e contextos dos participantes e estimular o exercício da cidadania por meio da expressão artística e trocas sociais.

As inscrições serão feitas na Biblioteca Municipal, localizada na Av. Castorino de Almeida,205- Centro (Paço II). Do dia 20/08 a 21/09

As aulas serão 25/9 a 27/9 – terça, quarta e quinta-feira - 19h às 22h na Secretaria da Educação - Rua Tiradentes, 60- centro 

Total de  20Vagas 

Indicação: maiores de 16 anos

Inscrições abertas para oficina "Arte e cidadania: sentidos e significados a partir da vivência com o graffiti " realizado pela Oficina Cultural,  POIESIS e Prefeitura Municipal
1/1

Mut atua com graffiti e artes visuais há 15 anos. É arte educador desde 2008 e integrante do Coletivo Xemalami, onde desenvolve oficinas no extremo sul de São Paulo com jovens de todas as faixas etárias. Também é tatuador, abordando sempre a temática voltada para natureza (também frequentes no graffiti e nas oficinas), especialmente com a técnica de decalque de plantas. É orientador socioeducativo atuando com pessoas em situação de rua na assistência social, com oficinas utilizando materiais apresentados pelos próprios atendidos. Participou de inúmeros eventos com pintura de murais, revitalização e live painting. Participou de exposições coletivas e sua primeira individual, "Mut'ismo", circulou nos anos de 2015 e 2016.

Deixe seu Recado